Logo ASP

Notícias



Lei que estendia efeitos de ações judiciais a servidores é inconstitucional, reforça TJ-RJ

Brunno Dantas
EJX - Servidor - Órgão Especial do TJ decidiu inconstitucional o decreto que determinou o adiamento do pagamento de 137 mil aposentados e inativos.

EJX - Servidor - Órgão Especial do TJ decidiu inconstitucional o decreto que determinou o adiamento do pagamento de 137 mil aposentados e inativos.

Em acórdão publicado na última terça-feira, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) negou um recurso proposto pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) contra a inconstitucionalidade da lei que previa a extensão de vantagens a servidores em função de decisões judiciais favoráveis a reajustes de vencimentos e proventos. O acórdão foi assinado pelo desembargador Grabriel Zefiro.


Os magistrados mantiveram o entendimento de que a Alerj invadiu a competência do Poder Executivo ao tratar dos vencimentos dos funcionários públicos, e que a extensão dos efeitos de sentenças é matéria processual, que compete à União tratar. O Estado também alegou que a matéria fere a questão da impessoalidade, pois pediria aplicar direitos de forma casual.


O projeto foi promulgado em 2016, pelo então presidente da Alerj, Jorge Picciani. De autoria do deputado Luiz Paulo, a legislação foi vetada pelo governador Luiz Fernando Pezão.

-------------------------------------------------
extraonline
https://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/lei-que-estendia-efeitos-de-acoes-judiciais-servidores-inconstitucional-reforca-tj-rj-23044272.html

Mais Notícias

Ministério Público impugna 749 candidaturas com base na Ficha Limpa

Advogados fazem ato em defesa das prerrogativas da classe

Toffoli diz que urna eletrônica é segura e defende a Lava Jato

Servidores públicos poderão reduzir jornada de trabalho

TSE autoriza apoio das forças federais em 41 municípios do Estado do Rio

Justiça nega pedido de teste de insanidade mental de agressor de Bolsonaro

Posturas faz nova notificação a donos de terrenos abandonados

Mais segurança na BR é pedida

TRF2 determina à PF condução coercitiva de Garotinho

Justiça eleitoral afasta vereador de São Francisco de Itabapoana por 180 dias

Bombeiros concluem que Museu Nacional estava irregular quanto à segurança contra incêndio

TRF-2 mantém condenação e aumenta a pena de Garotinho por formação de quadrilha

Fogo no Museu pode ter sido causado por balão ou curto-circuito, diz ministro

Guarus Plaza Shopping: pedra fundamental é lançada nesta negunda

Seca do Paraíba é a mais longa em 85 anos

Ex-secretário de Saúde de Cabral, Sérgio Côrtes, volta a ser preso na Lava Jato

Agentes comunitários da saúde em protesto em frente à Câmara

INSS: lei garante salário-maternidade para homens em casos de adoção

Rafael Diniz toma posse na presidência da Ompetro

PRF embarga obra de passarela na BR-101 por risco aos usuários

Alerj promulga nesta terça-feira reajuste de 5% a servidores de Judiciário, MP e Defensoria

Iluminação pública: Contrato já assinado

Começa hoje pagamento da 1ª parte do 13º do INSS

Cerca de 17 mil servidores serão beneficiados com reajustes ao Judiciário

'Estatuto da Criança e do Adolescente tem que ser rasgado e jogado na latrina', diz Bolsonaro

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas