Logo ASP

Notícias



Polícia Militar retoma segurança na Uenf após cerca de um ano sem parceriat

Silvana Rust
Convênio tinha sido suspenso em 2017

Convênio tinha sido suspenso em 2017

Suspenso em julho de 2017 por falta de recursos, o convênio entre a Uenf e a Polícia Militar para adesão ao Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) foi retomado esta semana. Desde segunda-feira (6), os policiais militares voltaram a atuar nos campi e unidades da Uenf.


Os policiais estão divididos em quatro postos no campus Leonel Brizola, dois postos no Colégio Agrícola e outros dois postos no campus de Macaé. Cada posto funciona em dois turnos de 12 horas cada um: das 8h às 20h e das 20h às 8h.


O prefeito da Uenf, Rogério de Castro, lembra que o convênio foi suspenso sob a alegação de falta de pagamento. Na época, a Reitoria tentou argumentar que possuía o orçamento e realizou todos os procedimentos administrativos, mas a Secretaria de Fazenda (Sefaz) não efetivou o pagamento. A própria PM reconheceu que a Uenf tinha a documentação em ordem, mas não tinha o que fazer.


“Este ano, a Sefaz realizou os pagamentos atrasados e iniciamos os procedimentos administrativos para retorno do convênio. Na quinta da semana passada, a última etapa foi finalizada, quando fomos ao Rio, no Batalhão de Choque, sede do Proeis, para nosso cadastramento no sistema, permitindo nosso acesso a informações referentes aos postos da Uenf”, disse.


A Uenf aderiu ao Proeis em julho de 2014, após aprovação do Conselho Universitário.

-------------------------------------------------
terceiraviaonline
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/08/07/policia-militar-retoma-seguranca-na-uenf-apos-cerca-de-um-ano-sem-parceria/

Mais Notícias

Garotinho abre guerra contra desembargador que compartilhou entrevista de Witzel

Boletos vencidos já podem ser pagos em qualquer banco

Detran mantém emplacamento após Justiça suspender adoção do novo modelo do Mercosul

Não usar cadeirinha é um risco para pais e crianças, alertam especialistas

AGORA É LEI: NORMA QUE ESTABELECE TEMPO MÁXIMO DE ESPERA EM ATENDIMENTOS BANCÁRIOS E...

Fim de semana prolongado com dois feriados

Brinquedos aquecem as vendas

'Engenheiro' misterioso usa tampas de caixas d’água em ponto de ônibus em Acari

Witzel e Paes são favoráveis a ‘testes de integridade’ sobre servidores públicos

NÍVEL DO PARAÍBA GERA PREOCUPAÇÃO

Mais da metade da Alerj foi renovada nesta eleição

Wilson Witzel e Eduardo Paes farão segundo turno para governo do Rio

Brasil: depois dos eleitores, investidores aplaudem Bolsonaro

Alerj: João Peixoto, Gil Vianna, Rodrigo Bacellar, Bruno Dauaire e Jair Bittencourt eleitos

AUXÍLIO-ADOÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS PODE SER AMPLIADO

Estado do Rio nomeia 79 papiloscopistas que aguardavam chamada para Polícia Civil

Uenf sobe 13 posições no Ranking Universitário nacional

Eleição 2018: Confira seu local votação após modificações do TRE

Juiz eleitoral de Campos orienta sobre regras para o dia da votação; confira

Facebook revela ataque virtual que atingiu 50 milhões de usuários

Há 100 anos, tomava posse a primeira mulher diplomata do país

Garotinho diz que vai recorrer hoje mesmo ao STF para manter campanha

Representantes da Firjan se reúnem com Autopista para pedir mais segurança na BR101

Após agravo de servidores, Rio tenta manter decisão do STF favorável a desconto de 14%

Estimativa para a inflação deste ano sobe para 4,28% e a do PIB cai para 1,35%

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas