Logo ASP

Notícias



Caixa D’água: procurador de Justiça indicado por Rosinha e Garotinho não comparece a audiência

reprodução
Eduardo Gussem, procurador-geral de justiça informou que nunca teve qualquer relação com o casal

Eduardo Gussem, procurador-geral de justiça informou que nunca teve qualquer relação com o casal

Três das principais testemunhas arroladas pelas defesas Anthony Garotinho (PRP) e Rosinha Garotinho (Patriota) para depoimentos na ação penal resultante da Operação Caixa D’água não compareceram às oitivas marcadas para a tarde desta quarta-feira (16), no Fórum Maria Tereza Gusmão, em Campos. Tais testemunhas, a princípio, foram desconsideradas pelo juiz da 98ª Zona Eleitoral da cidade, Ralph Manhães, mas o Supremo tribunal Federal autorizou que elas fossem ouvidas. Uma delas informou desconhecer o motivo pelo qual foi apontado como testemunha, já que nunca manteve qualquer tipo de relação com os Garotinho.


Uma dessas testemunhas é procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem. Sua assessoria informou que encaminhou ofício à 98ª Zona Eleitoral colocando-se à disposição para dar o seu depoimento pessoal por meio de carta precatória ou por videoconferência. No documento, Gussem informa sobre a impossibilidade de comparecer na data de 16 de maio por limitações de ordem médica.


“Eduardo Gussem esclarece que desconhece os motivos pelos quais foi arrolado como testemunha de defesa do casal Garotinho, no processo referente à Operação Caixa D’água. O procurador-geral de Justiça do Estado afirma que jamais manteve qualquer tipo de relacionamento com os ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho”, informou a assessoria do procurador-geral.


Também foi arrolado como testemunha de defesa o desembargador do Tribunal de Justiça do rio, José Carlos Paes. O desembargador informou, por telefone, que não virá a Campos e já enviou ofício com sua decisão ao juízo eleitoral responsável pela ação. Paes é presidente da 14ª Câmara Cível do TJ e vai presidir 32 processos na quarta-feira. Ele informou também que seu depoimento será feito por carta precatória.


Quem também não compareceu foi o procurador da República Eduardo El Hage.


Rosinha e Garotinho serão ouvidos pela Justiça no dia 5 de junho, às 13h. O depoimento deles seria no dia 18 de abril, mas foi adiado depois que eles chegaram ao fórum.


Caixa D’água – No dia 22 de novembro de 2017, a Polícia Federal prendeu Rosinha, Garotinho, Suledil Bernardino, Thiago Godoy, Ney Flores, Antônio Rodrigues, Fabiano Alonso e o policial civil aposentado Antônio Carlos Ribeiro. O esquema criminoso foi delatado pelo empresário André Luiz Rodrigues, o Deca à PF. Ele informou que Garotinho e seu grupo político solicitava dinheiro de empresários para financiamento de campanha eleitoral em troca de que a prefeitura de Campos – comandada pela mulher dele, Rosinha – pagaria a esses mesmos empresários os créditos que tinham com o poder público após prestação de serviços.

-------------------------------------------------
terceiravia
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/05/16/caixa-dagua-procurador-de-justica-indicado-por-rosinha-e-garotinho-nao-comparece-a-audiencia/

Mais Notícias

Garotinho abre guerra contra desembargador que compartilhou entrevista de Witzel

Boletos vencidos já podem ser pagos em qualquer banco

Detran mantém emplacamento após Justiça suspender adoção do novo modelo do Mercosul

Não usar cadeirinha é um risco para pais e crianças, alertam especialistas

AGORA É LEI: NORMA QUE ESTABELECE TEMPO MÁXIMO DE ESPERA EM ATENDIMENTOS BANCÁRIOS E...

Fim de semana prolongado com dois feriados

Brinquedos aquecem as vendas

'Engenheiro' misterioso usa tampas de caixas d’água em ponto de ônibus em Acari

Witzel e Paes são favoráveis a ‘testes de integridade’ sobre servidores públicos

NÍVEL DO PARAÍBA GERA PREOCUPAÇÃO

Mais da metade da Alerj foi renovada nesta eleição

Wilson Witzel e Eduardo Paes farão segundo turno para governo do Rio

Brasil: depois dos eleitores, investidores aplaudem Bolsonaro

Alerj: João Peixoto, Gil Vianna, Rodrigo Bacellar, Bruno Dauaire e Jair Bittencourt eleitos

AUXÍLIO-ADOÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS PODE SER AMPLIADO

Estado do Rio nomeia 79 papiloscopistas que aguardavam chamada para Polícia Civil

Uenf sobe 13 posições no Ranking Universitário nacional

Eleição 2018: Confira seu local votação após modificações do TRE

Juiz eleitoral de Campos orienta sobre regras para o dia da votação; confira

Facebook revela ataque virtual que atingiu 50 milhões de usuários

Há 100 anos, tomava posse a primeira mulher diplomata do país

Garotinho diz que vai recorrer hoje mesmo ao STF para manter campanha

Representantes da Firjan se reúnem com Autopista para pedir mais segurança na BR101

Após agravo de servidores, Rio tenta manter decisão do STF favorável a desconto de 14%

Estimativa para a inflação deste ano sobe para 4,28% e a do PIB cai para 1,35%

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas