Logo ASP

Notícias



Caixa D’água: procurador de Justiça indicado por Rosinha e Garotinho não comparece a audiência

reprodução
Eduardo Gussem, procurador-geral de justiça informou que nunca teve qualquer relação com o casal

Eduardo Gussem, procurador-geral de justiça informou que nunca teve qualquer relação com o casal

Três das principais testemunhas arroladas pelas defesas Anthony Garotinho (PRP) e Rosinha Garotinho (Patriota) para depoimentos na ação penal resultante da Operação Caixa D’água não compareceram às oitivas marcadas para a tarde desta quarta-feira (16), no Fórum Maria Tereza Gusmão, em Campos. Tais testemunhas, a princípio, foram desconsideradas pelo juiz da 98ª Zona Eleitoral da cidade, Ralph Manhães, mas o Supremo tribunal Federal autorizou que elas fossem ouvidas. Uma delas informou desconhecer o motivo pelo qual foi apontado como testemunha, já que nunca manteve qualquer tipo de relação com os Garotinho.


Uma dessas testemunhas é procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem. Sua assessoria informou que encaminhou ofício à 98ª Zona Eleitoral colocando-se à disposição para dar o seu depoimento pessoal por meio de carta precatória ou por videoconferência. No documento, Gussem informa sobre a impossibilidade de comparecer na data de 16 de maio por limitações de ordem médica.


“Eduardo Gussem esclarece que desconhece os motivos pelos quais foi arrolado como testemunha de defesa do casal Garotinho, no processo referente à Operação Caixa D’água. O procurador-geral de Justiça do Estado afirma que jamais manteve qualquer tipo de relacionamento com os ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho”, informou a assessoria do procurador-geral.


Também foi arrolado como testemunha de defesa o desembargador do Tribunal de Justiça do rio, José Carlos Paes. O desembargador informou, por telefone, que não virá a Campos e já enviou ofício com sua decisão ao juízo eleitoral responsável pela ação. Paes é presidente da 14ª Câmara Cível do TJ e vai presidir 32 processos na quarta-feira. Ele informou também que seu depoimento será feito por carta precatória.


Quem também não compareceu foi o procurador da República Eduardo El Hage.


Rosinha e Garotinho serão ouvidos pela Justiça no dia 5 de junho, às 13h. O depoimento deles seria no dia 18 de abril, mas foi adiado depois que eles chegaram ao fórum.


Caixa D’água – No dia 22 de novembro de 2017, a Polícia Federal prendeu Rosinha, Garotinho, Suledil Bernardino, Thiago Godoy, Ney Flores, Antônio Rodrigues, Fabiano Alonso e o policial civil aposentado Antônio Carlos Ribeiro. O esquema criminoso foi delatado pelo empresário André Luiz Rodrigues, o Deca à PF. Ele informou que Garotinho e seu grupo político solicitava dinheiro de empresários para financiamento de campanha eleitoral em troca de que a prefeitura de Campos – comandada pela mulher dele, Rosinha – pagaria a esses mesmos empresários os créditos que tinham com o poder público após prestação de serviços.

-------------------------------------------------
terceiravia
http://www.jornalterceiravia.com.br/2018/05/16/caixa-dagua-procurador-de-justica-indicado-por-rosinha-e-garotinho-nao-comparece-a-audiencia/

Mais Notícias

MP-RJ não tem dúvidas de que morte de Marielle está ligada a milícias

Saiba como motorista vai fazer autovistoria e declarar ao Detran-RJ que carro está em boas condições

Ford terá tecnologia de comunicação do veículo através de rede de celular 5G

Secretários de Witzel 'quebram' cabeça para cortar 20% de cargos ou salários

Corpo de Bombeiros do Rio tem primeira mulher piloto de helicóptero

AGORA É LEI: CARTÃO ESPECIAL DE ESTACIONAMENTO É ALTERADO

Dois brasileiros estão entre os finalistas do prêmio Global Teacher

Rosinha com outra inelegibilidade

Golpe no Instagram: casal de Campos é procurado pela polícia após lesar clientes de todo o Brasil

Garotinho fala em Rosinha candidata

Vídeo: acidente derruba árvore que cai sobre restaurante

Onyx usa empresa de amigo para receber verba de gabinete, afirma jornal

Governo estuda privatizar ou liquidar 100 estatais, diz ministro

Presidência tem a porta aberta para toda a sociedade, diz ministro

Porto do Açu terá aeroporto

Marco Aurélio determina soltura de condenados em 2ª instância

Campos vence prêmio de boas práticas do TCE/RJ em duas categorias

Brasil gasta R$ 725 bilhões com servidores públicos da ativa, mais de 10% do PIB

TRE-RJ diploma governador, senadores e deputados

Suspeito ligado a Orlando de Curicica, apontado por envolvimento no caso Marielle, é preso

Material escolar deve ficar 10% mais caro em janeiro, diz associação

Incêndio atinge Refinaria de Manguinhos, na Zona Norte do Rio

Polícia cumpre mandados relacionados à morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes

Ministro do Trabalho em exercício é suspenso após operação da PF

Após visita da Polícia Federal, Câmara de Campos demite seguranças RPAs

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas