Logo ASP

Notícias



Justiça Federal retoma julgamento de processo sobre sítio de Atibaia

Agência Brasil
Moro também ouvirá o ex-gerente da área internacional da Petrobras Eduardo Musa

Moro também ouvirá o ex-gerente da área internacional da Petrobras Eduardo Musa

O juiz Sérgio Moro retoma na tarde desta segunda-feira (5) uma das ações penais em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva figura como réu, acusado de receber propinas de construtoras participantes de esquema de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. A partir das 14h, Moro recebe os depoimentos do marqueteiro João Santana e de sua mulher e sócia, Mônica Moura. 


Após assinar acordos de delação premiada com a Justiça Federal, o casal se tornou testemunha de acusação contra o petista no processo que apura se um sítio de Atibaia (SP) foi dado a Lula pelas construtoras Odebrecht, OAS e Schahin, que, segundo diz o Ministério Público Federal (MPF), também teriam financiados obras de melhorias na propriedade. O ex-presidente disse que frequentava o imóvel com sua família, mas nega ser o dono do sítio.Moro também ouvirá o depoimento do ex-gerente da área internacional da Petrobras Eduardo Musa, já condenado por corrupção passiva. 


A previsão é que outras 19 testemunhas de acusação sejam ouvidas até 26 de março. Entre eles estão o ex-senador Delcídio do Amaral; o ex-deputado Federal Pedro Correa e os ex-diretores da Petrobras Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró. 


Concluídos os depoimentos das testemunhas de acusação, Moro deve agendar as datas para ouvir as testemunhas de defesa.

-------------------------------------------------
jbonline

Mais Notícias

Bloqueio na BR-040 gera congestionamento de 8 quilômetros

Greve dos caminhoneiros pode suspender serviços no município de SFI

Testemunhas por vídeo nesta quarta-feira

Greve dos caminhoneiros afeta distribuição de alimentos

Policiais Civis reforçam que categoria não pode ser descontada em 14% a Previdência

Operação prende cinco suspeitos de venda de vagas em fila de hospital de Campos

TRE barra tentativa de Garotinho anular ação

Governo decreta ponto facultativo para servidores do Rio no dia 1º de junho

Porto do Açu inicia operação com um dos maiores navios do mundo

Caixa D’água: procurador de Justiça indicado por Rosinha e Garotinho não comparece a audiência

INSS reduzirá agendamento presencial a partir do dia 21

INSS reduzirá agendamento presencial a partir do dia 21

Alta do dólar não preocupa, diz secretário do Tesouro

Brasil tem instituições fortes e não há risco à democracia, diz Moro em NY

AGORA É LEI: FRAUDE DE COMBUSTÍVEL PODE ACARRETAR CASSAÇÃO DO ICMS

Pezão decreta ponto facultativo para servidores estaduais no dia 29

Governo antecipa para sexta-feira pagamento de salário a servidores que recebem até R$ 3 mil

Caso Ana Paula: réus e testemunhas de acusação ouvidos na primeira audiência

Câmara de vereadores aprova lei que permite a mercados abrirem aos domingos

Mais de 200kg de queijos apreendidos por fiscais da Vigilância Sanitária em Campos

Universidades públicas agonizam no Brasil

Correios confirmam fechamento de agências em todo o país

Manguezal de Gargaú em análise

Lava Jato cumpre no Rio e em outros estados mandados de prisão contra ...

Toffoli será relator de pedido para retirar ação contra Lula de Moro

<< PÁGINA ANTERIOR

Envie seu comentário!

Nome:

E-mail:

Comentário:


Publicidade

  • GClin Campos

  • WIZARD IDIOMAS

  • MEGAFARMA

  • ASP JUSTIÇA

    A LOGOMARCA É SÍMBOLO DA NOSSA UNIÃO. UTILIZE SEU ADESIVO!

Previsão do tempo

Redes sociais

Blog ASP Justiça

Twitter ASP Justiça

Consulte seu extrato

>>

Estatuto ASP Justiça

>>

Seja sócio da ASP Justiça

>>

Links e telefones úteis

>>

Site ASP 2009/2011

>>

Av. Quinze de Novembro, nº. 289 • 4º Andar • Sala ASP Justiça • Centro • Cep. 28035-100 • Campos dos Goytacazes-RJ
E-mail: aspjustica.aspjustica@gmail.com • © Copyright • Novembro/2009 • Todos os direitos reservados a ASP JUSTIÇA
Site feito byChucas: byChucas